O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Teresina, PI
Quinta, 18
Julho de 2019

26/03/2019 - 00h40min

Nova empresa investirá R$ 17 bilhões na exploração de minérios no Piauí

O governador Wellington Dias recebeu, nesta segunda-feira (25), no Palácio de Karnak, os representantes da empresa B&BIZ, que apresentaram uma proposta de projeto para a exploração de minérios no Piauí. A iniciativa já possui licenciamento ambiental para implantação e prevê a extração de dois milhões de toneladas de minério de ferro no município de Simões.
“É um dia especial para Piauí. Solicitaram muito o projeto do Ceará que faz sucesso com a siderúrgica e que hoje tem grandes investimentos e recebe uma grande quantidade de empresas. O fato é que o Ceará busca o minério em Minas Gerais e o Piauí pode ser esse fornecedor de mineração certificada”, explica a deputada federal pelo Ceará, Gorete Pereira.
De acordo com governador, o desenvolvimento do projeto passa também pela conclusão das obras da Ferrovia Transnordestina. “Do ponto de vista do Estado, a gente vai buscar a questão dos incentivos fiscais e quando o projeto estiver pronto, também o licenciamento ambiental. Também nos cabe acompanhar, em nível de Governo Federal, o principal elemento que é a logística da implantação da Rodovia Transnordestina”, declara.
“O Piauí tem um minério de excelente qualidade e tem o projeto dessa grande ferrovia que é a Transnordestina. O custo de extração e transporte diminuirá consideravelmente, diferente da siderúrgica do Ceará, na qual todo minério vem de Minas Gerais ou de Carajás (PA), por trem ou navio. A empresa do Piauí diminuirá o custo, aumentará a competitividade e, por consequência, teremos um mercado muito mais abrangente do que em outros lugares que possuem custos elevados”, corrobora o deputado federal Júlio César.
Para o representante da B8BIZ, Miguel Bentez, a iniciativa reforça o trabalho de mineração já iniciado na região sul piauiense. É um projeto de Estado ancorado por uma Siderúrgica que é associada com infraestrutura e logística, desenvolvendo minerações locais.

O próximo passo para a implantação do projeto é viabilizar um termo de compromisso, concomitante a uma análise das alternativas. Segundo representantes da B8BIZ, Miguel Bentes e Chrisanto Lima, a empresa trabalha com estruturação e gerenciamento dos projetos, bem como com a prospecção de investidores estrangeiros, onde querem realizar workshows pelo mundo. Os investimentos a serem atraídos são da ordem de $ 17Bi. A Câmara de Comércio e Indústria Brasil China - CCIBC, representada por seu Diretor, Sérgio Bayas, também presente a Audiência - manifestou interesse nesses investimentos, aonde solicitou uma Audiência do Presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil China, Mr Charles Tang com o Governador Wellington Dias, para que um desses primeiros Roadshows seja realizado na China.
Autoria: Lorenna Costa e Aline Medeiros